Quem pode praticar esportes radicais?

Está pensando em começar uma nova prática esportiva, mas não sabe se é o ideal? Algumas atividades são mais leves, como caminhada e alongamento, enquanto outras são mais intensas como os esportes de alto impacto. Saiba hoje quem pode praticar esportes radicais e veja se essa modalidade combina com você.

Fazer exercícios físicos é ótimo para todas as idades, porém em algumas fases é preciso ter mais cuidados. Confira como funciona a prática de esportes radicais em diversas etapas da vida.

Prática de esportes radicais: jovens

É comum ter uma atração maior pelos esportes radicais na adolescência. Para desafiar seus limites psicológicos e físicos, muitos jovens desejam começar nessa atividade.

Porém, essa sede de ultrapassar a própria capacidade pode ser perigosa. Ao ter um excesso de autoconfiança é possível não respeitar o ponto em que se deve parar.  Sendo assim, o mais indicado nessa idade são os esportes radicais mais leves como: skate, cavalgada e escalada.

Além disso, é fundamental ter em mente que o uso do equipamento de segurança é indispensável. Assim, é possível melhorar o bem-estar devido à liberação de serotonina e de adrenalina nos esportes radicais reduzindo os perigos.

Prática de esportes radicais: adultos

Os adultos normalmente buscam práticas radicais como uma forma de aliviar o estresse, sair da rotina e evitar a ansiedade. Por isso, é comum ver profissionais de diversos ramos fazendo rapel, trekking, escaladas, bungee jumping, canoagem etc.

Após a descarga de adrenalina liberada pelo corpo depois do esporte, surge uma sensação agradável de tranquilidade e relaxamento. Por isso, a prática esportiva é muito recomendada na fase adulta.Contudo, é preciso estar atento para a saúde e condicionamento físico.

Aqueles que apresentam problemas cardíacos, hipertensão e as gestantes precisam ter muito mais atenção para investir nessa atividade extrema. Por isso, antes de começar um esporte radical é necessário consultar o médico. Além disso, também é importante sempre ter um guia ou um professor durante as atividades.  

Prática de esportes radicais: idosos

Sim, até mesmo quem passou dos 60 anos pode praticar esportes radicais. Nessa etapa da vida é natural sentir uma limitação quanto às próprias habilidades. Com isso, o esporte ajuda a preservar a capacidade física e manter a independência.

Entretanto, para ter segurança, é de grande importância respeitar seus limites. Com o passar dos anos as articulações e ossos tendem ao enfraquecimento. Por isso, eles não devem ser forçados além do que suportam.

Nesse ponto, é preciso avaliar os riscos dos esportes radicais, como a possibilidade de fraturas graves. No caso é necessário que o profissional de saúde libere o atestado médico e a pessoa sinta que pode praticar uma atividade radical.

Por isso, a resposta para a questão “quem pode praticar esportes radicais” é simples. Todos podem fazer um esporte extremo, contanto que tenha autorização médica, saibam os limites de seu corpo, utilizem o equipamento correto e tenham acompanhamento de professores ou guias.

O que achou das informações sobre esportes radicais? Como você viu, não há idade para fazer suas práticas que são ótimas para aliviar a ansiedade e estresse. Deixe nos comentários qual esporte radical você pratica ou tem vontade de começar.  

Deixe uma resposta